Apostar em tecidos para decorar espaços residenciais ou profissionais pode transformar o ambiente e dar mais personalidade para o local, mas de nada adianta escolher o tecido ideal sem saber como usá-lo ou quais combinações têm mais a ver com seu projeto.

Neste artigo você vai conhecer os tipos de tecidos mais conhecidos e quais suas principais aplicações. Está na hora de descobrir qual tecido ideal usar na decoração! Vamos lá?

Da simplicidade à sofisticação: escolha o tecido ideal para sua decoração

Ratiers

Ratiers são tecidos simples como xadrez, panamá, lonita e algodão.
Podem ser feitos a partir da combinação de vários materiais ou com apenas um.
Vários itens podem ser decorados com esse tipo de tecido, mas os estofados são as aplicações mais conhecidas.

Algodão

O algodão é o queridinho para quem busca conforto em qualquer ambiente.

Resistente e com ótima durabilidade, o algodão é o tecido ideal para épocas mais quentes ou que enfrentam o calor na maior parte do ano, caso de países tropicais como o Brasil, porque as peças facilitam a troca de calor com o ambiente, mantendo-se mais frescas na maior parte do tempo.

Linho

Muito usado na confecção de estofados como sofás, poltronas e pufes, o linho é um tipo de ratiers estruturado que apresenta alta durabilidade e resistência, sendo que pode ser três vezes mais duradouro do que fibras de algodão.

O linho é o tecido ideal para quem busca conforto, elegância e sustentabilidade em um só produto: sua produção não deixa resíduos tóxicos fazendo deste um tecido “amigo” do meio ambiente.

Além disso, o linho absorve e seca líquidos muito rápido, conservando sua estrutura original mesmo após anos de lavagem e uso.

Além dos estofados, este tecido também combina com toalhas de mesa e cortinas.

Outros exemplos de ratiers estruturados: sarja e gorgurão.

Jacquards

O jacquard é um tecido padronizado e complexo feito em teares, sendo que cada tipo de tear produz um padrão diferente.

Os desenhos deste tecido se formam com o entrelaçamento dos fios e justamente por conta dessa particularidade o jacquard é um tecido mais resistente.

Vale lembrar que jacquard e estampas são coisas diferentes!

Enquanto estampas são feitas em diversos tecidos a partir de impressão, vapor ou pressão, o desenho do jacquard é feito a partir do próprio tecido, ou seja, da posição dos fios.

Para saber se o tecido é jacquard ou de estamparia comum basta olhar o avesso: tecidos estampados são lisos do lado do avesso enquanto o jacquard tem o desenho em ambos os lados!

Apesar de ser uma técnica descoberta lá no século XVIII, o jacquard é o tecido ideal para quem quer ter um ambiente moderno e cheio de personalidade.

É possível fazer diversas combinações de estruturas e cores e aplicar o tecido em cortinas, sofás, cabeceiras, itens de cama, entre outros acessórios de decoração.

Seda

A seda é o tecido ideal para quem quer criar um ambiente mais clássico e elegante, seja em casa ou no trabalho.

Conhecida por sua leveza e maciez, a seda dá um toque a mais na decoração ao proporcionar mais beleza, delicadeza e sofisticação em qualquer ambiente.

Pode ser utilizada em almofadas e até em cortinas, dando um aspecto delicado ao cômodo.

Se para você a seda é o tecido ideal para finalizar a decoração, aposte em forros leves de cores neutras para deixar o ambiente mais clean!

Veludos

Popularmente conhecido como veludo tradicional, esse tipo de tecido apresenta variações que podem fazer toda a diferença na decoração.

Muito utilizado no inverno por ser felpudo e quente, o veludo também pode ser utilizado na decoração de almofadas, sofás, poltronas, pufes e cortinas.

Seja qual for a variedade escolhida, o veludo é um tecido elegante e sofisticado, ideal para ambientes clássicos.

Variações do veludo: cotelê, devorê, veludo alemão, veludo molhado, veludo cristal.

Agora que você conhece diferentes tipos de tecidos e suas aplicações ficou mais fácil escolher o tecido ideal para usar na sua decoração!