Tendências 2016 - Parte II

Seja para criar um projeto de design de interiores ou mesmo para inspirar mudanças no nosso próprio ambiente, a Manjabosco Decor está sempre procurando referências e tendências com o que há de mais legal para dar um up na sua decoração. Está semana daremos continuidade às nossas apostas para os estilos de decoração que serão tendência em 2016, confira e se inspire.

Das telas dos designers, a geometria volta a ser tendência na decoração de interiores, é possível encontrar papéis de parede estampados, tapetes, padrões de azulejos triangulares, revestimentos hexagonais e até mobiliário obedecendo ao Teorema de Pitágoras. O estilo parece ser essencialmente divertido, principalmente pelos esquemas de cores vivas aplicados com frequência. Todavia os padrões geométricos também podem ganhar um aspecto mais sóbrio e moderno ao apostar em tons acinzentados e materiais mais formais, como o cimento e a madeira.

O estilo clássico, que está sempre em alta, como tendência na decoração remete muito mais à conservação dos espaços, principalmente os de inspiração modernista. Nesse estilo, a ideia é investir em peças icônicas e atemporais, principalmente em mobiliário e objetos assinados por designers para deixar o ambiente muito elegante. A paleta de cores segue o trio infalível: preto, branco e marrom em diferentes intensidades, sem abandonar as cores e acabamentos naturais. Nesse estilo a madeira, o couro, a ardósia e os acabamentos naturais são acompanhados de tecidos nobres e confortáveis ao toque em sofás e cortinas, como o linho.

A tendência que virá com tudo no ano de 2016, é tentar condensar todos os estilos do Brasil em um só. Tentar sintetizar o design de interiores contemporâneo feito no Brasil em uma única tendência é, no mínimo, um desafio. Já falamos em Brasis no plural, todo dia aparece algo novo e criativo para redefinir o que é o lar brasileiro. Para não resumir nem subestimar a produção nacional, vamos só apontar o que vimos de mais recorrente: espaços integrados, pontos de cores fortes, madeira sólida e valorização do que é feito no país.

Lajes extensas, poucas divisórias, pilotis e princípios da arquitetura estarão de mãos dadas com as escolhas feitas nos interiores brasileiros. Os espaços amplos recebem muita luz e são complementados com móveis robustos, plantas e objetos decorativos. Aliás, esqueça qualquer impressão negativa sobre artesanato - as peças são bem acabadas e utilizam materiais bem brasileiros, como cerâmica, palha, capim-dourado e uma variedade impressionante em tecidos.

Estes móveis e acabamentos mais sóbrios não escapam de um toque de cor. Almofadas, pufes, plantas, tapeçaria. Há sempre algo que fará o ambiente ser vibrante, na medida certa. As texturas utilizadas terão um toquei mais natural e percebemos certa preferência pela cerâmica artesanal e revestimentos nacionais.


© 2013 Manjabosco. Todos Direitos Reservados - Desenvolvido por Tuiga