Cores quentes na decoração!

Tanto na moda quanto na decoração, os tons frios e quentes transmitem as mais diversas emoções, além de traduzirem a personalidade e o estilo das pessoas. Para um ambiente mais alegre, iluminado e vivo recomendamos apostar nas cores quentes porque trazem dinamismo, mas também são ótimas para passar a sensação de aconchego. Na hora de pensar no projeto, entretanto, é preciso levar em conta as combinações, as necessidades do espaço e o estilo predominante.

Existem várias dicas para quem quer apostar em cores quentes na decoração. A principal delas é escolher um tom intenso e mesclá-lo com cores mais neutras - como o cinza, o bege e o branco - para não tornar o ambiente cansativo e pesado. Há também a possibilidade de misturar os tons quentes com os tons frios, pois eles combinam muito entre si.

Entre as principais cores quentes exploradas na composição de ambientes, destacam-se o vermelho, laranja e amarelo. Os tons são energéticos e influenciam no comportamento das pessoas. O dinamismo das tonalidades depende muito da incidência de luz, que vai reforçar ou limitar a temperatura da cor.

O vermelho, por exemplo, torna o ambiente acolhedor e aquecido, proporcionando aconchego e harmonia, portanto é uma ótima escolha para ambientes de confraternização, como salas e cozinhas. O arquiteto Carlos Lemos fez uma ótima combinação neste ambiente:

 

O laranja estimula a comunicação entre as pessoas e leva alegria para os ambientes. Outro estímulo bem claro do laranja está relacionado à criatividade e à vitalidade, como podemos ver nessa livraria projetada pelo Arquiteto Rafael Kroth:

 

O amarelo remete a figura do sol, por isso ele traz energias positivas ao ambiente. Busque a combinação com as cores frias e neutras, bem como com cores com o vermelho para conseguir explorar o que o amarelo apresenta de melhor, que nem fez a arquiteta Carol Silveira nesse lindo living:

 


© 2013 Manjabosco. Todos Direitos Reservados - Desenvolvido por Tuiga