Para os amantes das artes! Conheça o Worklover, projeto de Maíra Ritter para a Casa Cor 2015, com papéis de parede e cortinas da Manjabosco.

Um living para encantar e inspirar os admiradores das artes e da cultura. Assim é o Refúgio do Worklover, que a arquiteta Máira Ritter apresenta na Casa Cor 2015. Em cada detalhe, o projeto imprime a personalidade de seu homenageado, o Superintendente Da Fundação Iberê Camargo, Fábio Coutinho. As diferentes texturas criadas com as cortinas de linho misto e papéis de parede da Manjabosco Decor dialogam no espaço com elementos como piso de mármore, madeira e croco. O resultado é um ambiente de visual limpo, com uso intenso de obras de arte.

"Gosto de ambientes atemporais, com funcionalidade e design. É um projeto sofisticado e ao mesmo tempo simples, confortável, que acolhe quem for chegar. Trabalhamos com a Manjabosco há 9 ano, e os produtos fornecidos por ela garantem sofisticação em nossos trabalhos. Temos a segurança de estar alinhando o que é belo, á tendências e ao pós venda, que é fundamental para nossos trabalhos”, explica Máira.

A iluminação indireta do ambiente valoriza as texturas e materiais. Além dos pontos de led instalados no mobiliário sob medida projetado pela arquiteta, focos de luz foram direcionados para os pontos de destaque, tanto por meio de embutidos como por meio de modernos spots.Toda esta iluminação também  foi automatizada. Presente no espaço a luminária Pipistrello da designer Gae Aulenti, e as luminárias abaixo descritas, todas de design assinado.

Dica prática de Manjabosco por Máira Ritter:É preciso ter em mente o espaço em que o papel de parede vai ser utilizado para escolher o material e o tamanho mais adequados. A partir daí, a estética deve ser pensada de acordo com o ambiente, o que é facilitado com a vasta gama de opções oferecidas pela Manjabosco.

 

Fotos Eduardo Liotti

 

 

 


© 2013 Manjabosco. Todos Direitos Reservados - Desenvolvido por Tuiga