Residências Edel

Arquitetos: Matteo Thun & Partners

Localização: Katschberg, Áustria

Arquitetos Responsáveis: Oliver Hofmeister, Jens Seemueller

Arquiteto Responsável Pelo Projeto: Bruno Franchi

Designers De Interiores: Michael Catoir, Sabrina Pinkes e Maren Weitz

Iluminação: Simone Fumagalli

Área: 4000.0 m²

Ano: 2009

Fotografias: Christian Wöckinger, Jens Weber

 

O projeto é localizado no ponto mais alto de Katschberg Alpline Pass, uma estação de esqui tradicional austríaca entre Salzburg e Caríntia, a 1.600 metros de altura. As duas torres projetadas do Matteo de apartamento monolíticas representam um portal quase simbólico entre as duas províncias, Salzburg e Kärnten, e foram apontadas como novos marcos para a cidade atual.

Os objetivos dessa construção é equilibrar o respeito pela natureza e tradição com os interesses da indústria turística. Construir nos Alpes requer uma constante busca pela estabilidade, e também por novas soluções para a construção de edifícios ecologicamente justificáveis.

Matteo Thun conscientemente criou dois edifícios verticais para Katschberg - evitando a expansão urbana nesta área tradicional de esportes de inverno. Ao preservar o solo verde circundante e ao reduzir a área construída ao mínimo, uma solução foi encontrada em consonância com o meio ambiente.

Este conceito arquitetônico evitou as complexas instalações de infraestrutura para eletricidade e abastecimento de água, e nenhuma estrada complementar foi necessária para conectar as duas torres de apartamentos ao Hotel Cristallo, vizinho do local, que fornece todo o serviço necessário para as residências.

Duas estruturas cilíndricas são envolvidas por uma estrutura arredondada com padrões em forma de diamante feita com madeira de lariço local, que simboliza a associação direta com o meio ambiente, fundindo o interior e o exterior.

As duas torres residenciais circulares com diferentes alturas equilibram o terreno existente, medem 20 metros de diâmetro e abrigam 64 apartamentos variando de 45 a 180 metros quadrados. Layouts idênticos com escalas diversas permitem vistas panorâmicas em todos os apartamentos em direção a paisagem natural e inalterada. Ao utilizar materiais naturais, os interiores de cada residência tem layouts generosos projetados; linhas e formas são claras e leves. Dois estilos diferentes de decoração proporcionam a escolha por uma configuração básica: uma moderna e urbana ou uma opção mais clássica, alpina tradicional. Todo o complexo é aquecido por uma usina nas proximidades, que proporciona energia de biomassa.

 


© 2013 Manjabosco. Todos Direitos Reservados - Desenvolvido por Tuiga